top of page

ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO E MANEJO DO PACIENTE CRÍTICO COM DELIRIUM:UMA REVISÃO DE ESCOPO

Juliane Oliveira Soares
Joilson Alves De Morais Júnior
Ana Lívia Castelo Branco de Oliveira
Leone Maria Damasceno Soares
Alessandra de Araújo Costa Oliveira
Girlene Ribeiro da Costa
Josiane Santos Silva
Thayna Mayara de Oliveira Araújo Moura

DOI: 10.46898/rfb.9786558893639.21

Presentation

Objetivo: Mapear o conhecimento científico sobre a atuação do enfermeiro na prevenção e manejo do paciente crítico com delirium. Método: Estudo descritivo, qualitativo do tipo revisão de Escopo. Utilizada proposta no consenso Joanna Briggs Institute (JBI). A questão norteadora elaborada foi: como se dá a atuação do enfermeiro na prevenção e manejo do paciente crítico com delirium? A pesquisa foi feita nas seguintes bases de dados: LILACS, BDENF, CINAHL e MEDLINE/Pubmed a partir acesso remoto da CAFe ao CAPES. Foram incluídos artigos originais, de abordagem quantitativa ou qualitativa, que focalizasse a assistência de enfermagem aos pacientes críticos com delirium, publicados em português, inglês e espanhol dos anos de 2017 – 2022. Resultados: A pesquisa resultou em 2123 estudos, dos quais 13 compuseram a amostra final. Os resultados permitiram sintetizar as principais intervenções de enfermagem no cuidado ao paciente crítico com delirium, no que se refere, sobretudo, às práticas não farmacológicas que otimizam os fatores de risco predisponentes do delirium. Conclusão: Os enfermeiros devem a princípio conhecer o perfil e fatores de risco do delirium, assim serão capazes de prevenir a condição, detectar por meio de instrumentos validados e prestar assistência com técnicas não farmacológicas envolvendo todos os aspectos para promover o apoio terapêutico.

Publication date:

28 de novembro de 2022 15:35:12

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page