top of page

ANÁLISE DE CONFORMIDADE EM GASTOS

Michael Douglas Sousa Leite
Francisco Ivo Gomes de Lavor
Yara Dayane de Lira Silva
Laerte Ferreira de Morais França
Albimah Medeiros de Araujo
Luiz Paulo da Penha Ferino
Mariana Ferreira Pessoa
Airton Dantas Monteiro Filho
Samara Nóbrega de Oliveira
Valdeir Gonçalves da Silva Filho
Pablo Sthefano Roque de Souza Bandeira

ISBN: 978-65-5889-193-2
DOI: 10.46898/rfb.9786558891932

Presentation

A administração pública necessita de mecanismos que possibilitem um monitoramento e controle efetivo dos recursos financeiros aplicados. Assim, a contabilidade busca, cada vez mais, desenvolver estudos que orientem os gestores a investir de maneira eficiente estes recursos.
Partindo desse pressuposto, este livro originou-se de trabalho monográfico e objetiva-se detectar a ocorrência de desvios significativos na distribuição dos primeiros dígitos (PDS) dos gastos públicos no setor de meio ambiente – SUDEMA do Estado da Paraíba no ano de 2011 a 2015.
Para tanto, a referida pesquisa trata-se se de um estudo de caso estrategicamente fundamentada na análise quantitativa tendo como pilares as Ciências Contábeis e Matemática (teoria da probabilidade, estatística e informática) aplicadas à auditoria das contas públicas.
Os dados foram extraídos através do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (SAGRES) nos meses de fevereiro e março de 2016. A referida lei, possibilita uma análise sobre a incidência ou não de desvios.
Contudo, mesmo diante das leis, muitos são os desvios proporcionados pelos gestores públicos no que concerne aos recursos financeiros. E, é justamente em prol da devida aplicação dos recursos públicos que a Lei Newcomb-Benford tem se inserido, cujas premissas consistem em dar a conformidade devida ao comportamento destes gastos, ou seja, são adotados os procedimentos de auditoria aplicados à análise de conformidade de um conjunto de dados financeiros, mediante detecção de desvios em relação ao padrão esperado de ocorrência para os dígitos de uma posição analisada.
Concluiu-se, que a apresentação dos resultados da pesquisa apresentados, onde se verifica a aplicabilidade do modelo baseado na Lei Newcomb-Benford (NB-Lei) nas notas de empenho da Unidade Gestora (UG) no período de 2011 a 2015, constatou-se que em todos os exercícios houve indicativos que sinaliza fortes indícios de fraudes.

Publication date:

9 de novembro de 2021 21:12:20

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page