top of page

EXPERIÊNCIAS COM TECNOLOGIAS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Jhonatan Luan de Almeida Xavier
Alexandra Nascimento de Andrade

ISBN: 978-65-5889-134-5
DOI: 10.46898/rfb.9786558891345

Presentation

Foi com muito prazer e alegria que recebi o convite dos organizadores deste livro para elaborar um texto de apresentação. Não apenas pela honra de fazê-lo, mas também porque, de certa forma, vivenciamos práticas pedagógicas e estudos voltados para as tessituras das temáticas elencadas. Esclareço a seguir.
Jhonatan Xavier, um professor-formador mestre e amante das tecnologias educacionais, de fala segura e motivadora sobre Games e Gamificação, não posso esquecer dos desenhos animados da TV que muito contribuiu para a Divulgação da Ciência entre às crianças do ensino público. Nesse percurso acadêmico-profissional fez parcerias que somaram para estudos voltados às tecnologias digitais na Educação Básica, dentre essas com a professora doutoranda Alexandra de Andrade, que desenvolve pesquisas com e para as crianças, e professores da Educação Básica. Ambos desafiados pelo “novo” formato de ensino (Remoto) buscaram envolver um paneiro de conhecimentos sobre as Tecnologias Digitais na Educação Básica, advindos de práticas docentes exitosas.
A primeira delas trata de uma intervenção pedagógica com alunos da terceira série do ensino médio nas aulas de Química, por meio do aplicativo Stop Motion. Muitas são as dificuldades encontradas pelos estudantes que estão saindo da educação básica, uma delas com a preparação para o vestibular, primeiro emprego, enfim, assuntos jamais vistos nos anos anteriores. Nesse aspecto, considero que o docente precisa ter essa visão, de buscar ações preventivas e dinâmicas em suas aulas, principalmente quando essas são realizadas em formato remoto.
Nesse mesmo pensamento, o segundo capítulo nos traz uma abordagem dialógica com as redes sociais, em especial o Facebook que pode está contribuindo para a produção de textos diversos e incentivando à leitura de alunos da 1ª série do Ensino Médio, no município de Borba. Vale ressaltar que, além das contribuições mencionadas a interação entre os discentes para o uso dessa ferramenta, pode despertar a motivação pelos estudos, o senso crítico, reflexivo e protagonista dos sujeitos.
O terceiro capítulo despertou minha curiosidade em relação ao uso do aplicativo Stop Motion, pois pela segunda vez mencionado nesta obra, agora nas disciplinas de Anatomia e Fisiologia Humana. Nesse viés, convido os professores para uma análise mais profunda e detalhada deste recurso potencializador e dinâmico, em que os autores dialogam sobre sua importância, e apresentam todas as etapas vivenciadas e planejadas para o uso correto do aplicativo.
Por conseguinte, os autores do quarto capítulo nos convidam a conhecer o software Hotpotatoes em aulas de História em uma turma da 3ª série do Ensino Médio, desvelando os desafios e contribuições das mídias em aulas assíncronas. Os resultados do estudo revelaram benefícios importantes para a aprendizagem dos estudantes, visto que aulas mais atrativas e inovadoras criam oportunidades de transformação pessoal e coletiva.
Não se pode negar que, o uso de Softwares está a cada dia mais presente no fazer pedagógico, mediante a práticas dos estudantes com as TIC’s fora do âmbito escolar, para isso o professor precisa ser aliado nesse processo de evolução midiática. Com esse mesmo olhar, os autores do quinto capítulo buscaram inovações por meio do Software Audacity, a criação de álbum narrativo sobre mitos com estudantes da 1ª série do Ensino Médio. Esse estudo chama atenção e nos convida a reflexão para o uso de aplicativos na disciplina de Filosofia, na qual os sujeitos participantes ficaram curiosos com o desconhecido Audacity. Neste texto, podemos compilar práticas pedagógicas que vai de encontro com a quebra de paradigmas do “software apenas como entretenimento digital”.
Para finalizar a apresentação desta belíssima obra, convido a você leitor para continuar com pesquisas, e principalmente ações voltadas para esta temática, pois as transformações não ocorrem apenas no ato de ler, é preciso um exercício contínuo de práticas pedagógicas que contribuam para o fazer e transpor docente.
Argicely Leda de Azevedo Vilaça
Mestra em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia
Professora Universitária e na Rede pública Municipal de Manaus

Publication date:

25 de agosto de 2021 17:23:55

Gostou? Comente!
Oceniono na 0 z 5 gwiazdek.
Nie ma jeszcze ocen

Add a rating
Podziel się swoimi przemyśleniamiNapisz komentarz jako pierwszy.
bottom of page