top of page

POTENCIAL ANTIBACTERIANO E ANTIBIOFILME DE TOBRAMICINA E ÁCIDO ÚSNICO FRENTE A ISOLADOS CLÍNICOS DE Pseudomonas aeruginosa E Acinetobacter baumannii

Pesquisas em Temas de Ciências Biológicas

Rhaldney Kaio Silva Galvão
Maria Anndressa Alves Agreles
David Nattan de Oliveira
Luís André de Almeida Campos
Isabella Macário Ferro Cavalcanti

DOI: 10.46898/rfb.

ff3bfb14-d0c7-44fa-a76d-962ceb3a8a70

Resumo

As infecções causadas por bactérias patogênicas com resistência aos antimicrobianos representam uma importante causa de morbimortalidade, especialmente em ambientes hospitalares. A resistência bacteriana aos aminoglicosídeos, como a tobramicina (TOBRA), pode ocorrer devido à dificuldade de penetração do antibiótico nas bactérias, baixa afinidade com o ribossomo bacteriano ou inativação por enzimas microbianas. Embora a TOBRA tenha um grande potencial frente a cepas de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter baumannii, observou-se um aumento gradual da resistência a esse antibiótico em cepas hospitalares nas últimas décadas. Esse fenômeno é estimulado pelo uso indiscriminado de antimicrobianos e agravado por fatores de virulência, como a formação de biofilme. Nesse sentido, uma abordagem terapêutica inovadora é necessária e a associação da TOBRA e do AU é uma alternativa.

Data de publicação:

4 de julho de 2024 18:53:07

Gostou? Comente!
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page