top of page

EFEITO DA TEMPERATURA DE ARMAZENAMENTO SOBRE OS NÍVEIS DE PROGESTERONA EM GOTAS SECAS DE SANGUE DE OVINOS: ESTUDO PILOTO

Pesquisas em Temas de Ciências Biológicas

Anyelle Maia Melo
Rodrigo de Souza Amaral

DOI: 10.46898/rfb.

c6505428-8b2c-412a-a6e2-0b7360ae69dd

Resumo

Considerando que o uso de gotas secas de sangue em papel filtro tem se demonstrado uma alternativa prática em vários estudos com humanos e animais, o objetivo deste estudo foi avaliar a viabilidade de armazenamento do papel filtro contendo gotas secas de sangue de ovinos em diferentes condições de temperatura para posterior dosagem de progesterona. Assim, quatro amostras de sangue de ovinos coletadas em papel filtro foram secas em triplicata e armazenadas em diferentes temperaturas (~24°C, ~4°C e -20°C) sendo avaliadas após 7 dias e 30 dias. A dosagem de progesterona foi realizada por enzimaimunoensaio. Menores variações foram obtidas ao armazenar as amostras refrigeradas ou congeladas. Em conclusão, este estudo demonstrou a viabilidade do uso de amostras de gotas secas de sangue de ovino para a dosagem de progesterona, quando armazenadas a baixas temperaturas.

Data de publicação:

21 de junho de 2024 01:20:16

Gostou? Comente!
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page