top of page

À SOMBRA DA SUBALTERNIDADE FEMININA: A VIOLÊNCIA LEGITIMADA ATRAVÉS DO PODER SIMBÓLICO.

Pesquisas em Temas de Ciências Humanas

Antonia Helainny de Miranda
Lucas Pereira de Oliveira

DOI: 10.46898/rfb.

75814667-0f73-460c-821c-085c08cf496f

Sinopse

O presente ensaio busca evidenciar a maneira como ao longo do tempo a violência contra a mulher fomentou a sofisticação de diversos aspectos simbólicos que foram construídos em sociedade através da dimensão masculina. Conceber a mulher como uma figura inferior foi e é bastante regulado no meio em que vivemos independente de classe social, raça ou gênero, além disso, sendo reprimidas seja econômica, social ou sexualmente. Resgatar o real sentido da existência feminina incide em propor diálogos que reforcem o rompimento do poder simbólico que historicamente foi fixado nos diversos corpos sociais. Para uma melhor compreensão dessa conjuntura, a escrita permeia entre a análise de dois processos judiciais conectados com as interpretações de autores sobre a temática vigente, além disso, instiga a inviabilidade de narrativas que o machismo estrutural sustenta por meio da dominação patriarcal e por fim, reflete sobre a desconstrução dos simbolismos presentes em sociedade para a ampliação de uma rede de novas interpretações e saberes necessários para a ruptura da violência.

Data de submissão:

9 de março de 2023 12:52:05

Data de publicação:

25 de março de 2023 01:21:11

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page