top of page

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE PLÂNTULAS DE TECA (Tectona grandis L. f.), SUBMETIDAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS

Pesquisas em Temas de Ciências Exatas e da Terra

Ana Caroline da Silva Martins
Fabiola Layse dos Anjos Costa
Eliane Francisca de Almeida
Marcela Cristiane Ferreira Rêgo
Gleiciane Rodrigues dos Santos
Allan Klynger da Silva Lobato

DOI: 10.46898/rfb.

5925e524-0ed4-490c-93a7-0f2e7a997ea5

Sinopse

A Teca (Tectona grandis L.f) possui grande importância econômica, devido suas propriedades físico - mecânicas, desenvolvimento vigoroso e robustez. A dificuldade encontrada em sua produção está na germinação lenta e irregular de suas sementes. Outro fator importante é o substrato que influencia a germinação podendo favorecer ou afetar a emergência das sementes. Com isso, o presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito de diferentes substratos na germinação e no crescimento inicial de plântulas de Teca, a fim de verificar em qual condição haverá um melhor desempenho das mudas. O período de duração do teste foi de 45 dias. Os substratos utilizados foram 50% terra preta + 50% areia (T1), 50% terra preta + 50% vermiculita (T2), terra preta (T3), areia (T4) e vermiculita (T5). Utilizou-se como parâmetros de avaliação a porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação, tempo médio de germinação, índice de qualidade de Dickson, número de folhas, diâmetro do coleto, altura da parte aérea, comprimento das raízes, massa fresca da parte aérea, massa fresca das raízes, massa seca da parte aérea, massa seca radicular e massa seca total. Por fim, concluiu-se que os tratamentos T3 e T5 proporcionaram um melhor desenvolvimento germinativo para as mudas de Teca e o IQD se mostrou insatisfatório.

Data de submissão:

18 de maio de 2023 19:21:10

Data de publicação:

30 de maio de 2023 15:00:50

Gostou? Comente!
Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Share Your ThoughtsBe the first to write a comment.
bottom of page